Cozinhando a dois

Que tal aprender a fazer pratos práticos com ar sofisticado para surpreender a visita? Aqui você vai saber também como preparar o ambiente, montar uma mesa incrível e saber escolher uma boa música para cada ocasião. Tudo para fazer do momento ainda mais especial!

6
abr

A sangria é uma bebida alcoólica muito consumida na Espanha, porém não existe uma definição clara de qual é a sua origem. Há boatos de que veio do Equador ou das Antilhas, quando a mesma era ocupada pelos ingleses. Mas, apesar da origem misteriosa, a bebida é popular nos países latino americanos e na Península Ibérica.

como fazer sangria

Feita com base numa mistura de vinho tinto, suco de fruta, pedaços de frutos e açúcar, essa bebida apresenta variações dependendo do local onde é elaborada. Em Portugal, por exemplo, adiciona-se à sangria especiarias (pau de canela) e ervas aromáticas frescas (hortelã). Também em algumas regiões, é costume misturar outros tipos de bebidas alcoólicas na sangria, como por exemplo licor beirão ou aguardente.

Receitas de Sangria

Hoje o Cozinhando a Dois ensinará duas receitas práticas desse drinque tão conhecido mundialmente, que dependendo do seu gosto, podem ser alterados os tipos de frutas e a quantidade de açúcar.

Receita 01

receita de sangria

INGREDIENTES

  • 1 garrafa de vinho tinto (750 ml)
  • 2 latas de água tônica (700ml)
  • 1 xícara (chá) de caldo de laranja (cerca de 3 laranjas)
  • 2 pêssegos
  • 1 maçã
  • ½ abacaxi em cubos
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • ¼ de xícara (chá) de gim (60 ml) (opcional)
  • cubos de gelo a gosto

MODO DE PREPARO

  • 1. Descasque e corte o abacaxi em cubos de cerca de 1,5 cm. Lave, seque e mantenha a casca do pêssego e da maçã. Corte o pêssego ao meio, descarte o caroço e corte cada metade em 4 fatias. Com um fatiador de legumes, corte a maçã em fatias finas no sentido da largura (se preferir, corte com a faca).
  • 2. Numa jarra, coloque as frutas picadas e o açúcar. Regue com o caldo de laranja e o gim. Deixe macerar na geladeira por 30 minutos ou até a hora de servir.
  • 3. Enquanto isso, coloque o vinho e a água tônica na geladeira. Deixe por 30 minutos para gelar.
  • 4. Na hora de servir, junte o vinho e a água tônica às frutas. Acrescente cubos de gelo a gosto.

Receita 02

receita de sangria

INGREDIENTES

  • 1 laranja-pêra sem casca, sem pele e sem sementes, cortada em pedaços
  • 1 laranja-pêra com casca e sem sementes, cortada em rodelas
  • 1 limão taiti com casca, cortado em rodelas
  • 1 maçã vermelha e 1 maçã verde com casca, cortadas em fatias ou pedaços grandes
  • 1 xícara (chá) de abacaxi cortado em pedaços
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de cointreau (licor de laranja)
  • 3 colheres (sopa) de brandy
  • 1 garrafa de vinho tinto seco (750 ml)
  • Suco de 1 limão
  • 1 xícara (chá) de água mineral gasosa
  • 2 paus de canela pequenos

MODO DE PREPARO

  • 1. Em uma jarra grande, coloque as frutas e polvilhe-as com o açúcar.
  • 2. Adicione o cointreau e o brandy.
  • 3. Deixe repousar por 15 minutos.
  • 4. Junte o vinho gelado, o suco de limão, a água e a canela.
  • 5. Misture e, se necessário, acrescente mais açúcar.
  • 6. Sirva bem gelado.

sangria espanhola

Um brinde ao final de semana!!!

Tags: cultura espanhola, drink sangria, receita de sangria, sangria espanhola,

23
mar

Chegou o tão esperado final de semana!!! Se você convidou os amigos para uma reunião em sua casa regada a bebida e petiscos, mas ainda não selecionou as músicas que vão animar a galera, os seus problemas estão resolvidos!

Mais uma vez, o Cozinhando a Dois selecionou 10 novidades do mundo da música que não poderão faltar na sua festa, happy hour, ou encontro com a galera. Tá preparado? Então pegue um drinque e vem comigo…

as melhores músicas pop 2018

10 Músicas para animar seu FDS

01 – Ginga – IZA ft. Rincon Sapiência

02 – Flames – David Guetta ft. Sia

03 – Gloria Groove – Bumbum de Ouro

04 – Wait – Maroon 5

05 – Só vem – Thiaguinho ft. Ludmilla

06 – Finesse – Bruno Mars ft. Cardi B

07 – Coladinha em Mim – Gustavo Mioto ft. Anitta

08 – FRIENDS – Marshmello ft. Anné-Marie

09 – Rouge – Bailando

10 – IDGAF – Dua Lipa

 

Um ótimo final de semana pra todos vocês!!!

as melhores músicas de março

Tags: musicas animadas, músicas para animar, músicas pra animar sua festa, playlist animada, playlist de festa,

2
mar

Presente em toda grande comemoração, o espumante virou símbolo de festa e celebração. Apesar de muitas pessoas gostarem de brindar com esse tipo de bebida, poucos sabem a diferença entre um champagne, espumante e um prosecco!

Pensando nisso, o Cozinhando a Dois apresentará nesse post, a diferença entre essas bebidas, e indicará algumas marcas para você arrasar na sua recepção ou evento!

tipos de espumantes e champagne

 

O QUE É UM ESPUMANTE?

Espumante é um vinho que passa por duas fermentações: na primeira, comum a todos vinhos, o açúcar do mosto das uvas é transformado em álcool; na segunda, fermentos colocados no líquido produzem o gás, as bolinhas.

Essa segunda fermentação pode acontecer na própria garrafa, o chamado método champenoise, usado no melhor e mais conhecido espumante do mundo, o Champagne. Ou em grandes cubas fechadas de aço inox como se fossem autoclaves, o sistema charmat, mais rápido.

DIFERENÇA ENTRE ESPUMANTE, PROSECCO, CHAMPAGNE…

Espumante

É um vinho branco (ou rosé) e efervescente, com gás carbônico. Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne, necessariamente.

marca de espumante brasileiro

Dica: Casa Perini Moscatel – Produzido na Serra Gaúcha, ele ficou em 5º lugar no Ranking Mundial de Vinhos & Destilados de 2017. O espumante é produzido a partir da variedade de uvas Moscato, responsáveis pelo sabor leve e adocicado da bebida. Preço médio: R$ 50,90

Champagne

É também um vinho branco ou rosé espumante, só que produzido na região de Champagne, no nordeste França. Eles são produzidos obrigatoriamente à base apenas das uvas chardonnay, pinot noir e pinot meunier. Só pode ser chamado de Champagne o fermentado de uva que for produzido na região.

champagne de qualidade

Dica: Moet & Chandon Brut Impérial NV. É amplamente reconhecida como uma das marcas de maior qualidade de champanhe do mundo. A principal marca da LVMH. Ganhou maior importanccia quando Benoit Gouez tornou-se mestre de adega em 2005. 30 milhões de garrafas vendidas anualmente! Preço Médio: R$ 360,00

Frisante

Ele é um vinho menos gaseificado e com menos espuma do que um espumante.

diferença de frisante e espumante

Dica: Frisante Ponte Vecchio Moscato Branco. De cor amarelo-limão, com muito brilho e perlage delicada, seguido por um aroma frutado e com notas de limão e geléia. O paladar é leve, refrescante e equilibrado. Preço Médio: R$ 45,00

Prosecco

A princípio, prosecco era um tipo de uva nativa da Itália. Há pouco tempo, transformou-se na nomenclatura de todo vinho efervescente produzido na região italiana de Vêneto. Diferentemente dos champagnes e dos cavas, os proseccos são elaborados pelo método charmat, onde a segunda fermentação ocorre em grandes tanques de aço inox e não na própria garrafa. Alguns espumantes brasileiros conseguiram manter o direito de usar o nome Prosecco em seus rótulos por já produzirem às bebidas há muito tempo.

espumante ou champagne

Dica: Villa Sandi. É um prosecco que a gente encontra em alguns supermercados e enotecas no Brasil. De cor amarelo palha com aroma frutado e floral, tem notas de maçã madura e pequenas flores da montanha. Preço Médio: R$ 80,00

DICAS

diferença entre champagne e espumante

Como abrir a garrafa

Evite chacoalhar para estourar a rolha. Cubra a garrafa com um guardanapo de pano, segure pela rolha e gire a base suavemente. Desta forma, a perda de gás será menor.

Níveis de Doçura

Brut nature – sem açúcar

Brut – seco

Sec – levemente seco

Demi-sec – meio doce

 

Fonte: Blog MHM

Tags:

23
fev

Bifum de arroz é um ingrediente “coringa” para manter no armário e impressionar seus convidados em qualquer situação. É leve, saudável, e tem menos calorias que um macarrão tradicional (em geral, 100 gramas de bifum têm 260 calorias, e do macarrão tradicional têm 350).

Outra informação importante, é que o bifum não contém glúten. Ele cozinha em literalmente 1 minuto, mas tenha cuidado para não deixar passar disso, senão ficará molengo demais.

Se quiser algo mais requintado, você pode preparar com camarões e aspargos ou ainda um mix de frutos do mar. Em todas elas, fica ótimo quente ou frio, como uma salada. Se estiver na praia de férias, prepare cedo, deixe na geladeira, e quando voltar, terá seu almoço prontinho te esperando.

como preparar macarrão de arroz bifum

Não tem mais nada na geladeira? Coloca uma pitada de sal, outra de pimenta do reino e um fio de azeite que vai ficar ótimo. Se tiver umas raspas de limão, melhor ainda. Ele pode ser feito em mil e uma versões.

Bifum com legumes (para 2 pessoas)

Receita de Ale Blanco

como cozinhar bifum de arroz

Ingredientes
200 gramas de bifum
1 talo de alho porró em rodelas bem finas
2 cenouras raladas
1 abobrinha ralada
1 pedaço de gengibre ralado (2 colheres de sopa)
200 gramas de cogumelos
1 pimenta dedo de moça picada em pedacinhos (se quiser pouco picante, retire as sementes)
50 ml de saquê
shoyu a gosto
Azeite a gosto
Ramos de tomilho limão a gosto

Modo de fazer
Leve uma frigideira ao fogo para aquecer com um bom fio de azeite. Coloque primeiro o alho porró e deixe dourar. Na sequência, coloque a cenoura e a abobrinha. Deixe refogar e acrescente o gengibre. Coloque os cogumelos picados grosseiramente e deixe começar a murchar. Quando isso acontecer, coloque o saquê e deixe evaporar. Tempere então com a pimenta dedo de moça e o shoyu. Refogue por mais uns 2 a 3 minutos.
Nesse momento, cozinhe o bifum em água fervendo com sal por 1 minuto. Escorra. Leve para a frigideira e misture com os legumes.
Antes de servir, coloque mais um fio de azeite e os raminhos de tomilho (poucos, para não roubar o sabor). Pode servir quente ou frio.

#CozinhandoaDois

Tags: como fazer bifum, macarrão bifum, macarrão de arroz, receita de bifum,