Era uma vez

Encontramos histórias que mais parecem ter saído de um conto de fadas. E aqui os casais vão compartilhar com a gente como esses sonhos se tornaram realidade. Inspire-se!

17
out

A americana Jordyn Cleverly  estava prestes a se casar, quando soube que sua avó, Penny Jensen de 74 anos, pretendia doar seu antigo vestido de noiva. Foi então que a neta resolveu fazer uma homenagem emocionante para Penny. Ela planejou usar o vestido em seu casamento, mas sem que a avó desconfiasse.

Penny casou-se em 1962 e ficou viúva 25 anos atrás, mas guardou o vestido durante todo esse tempo. Prevendo que a avó se comoveria muito ao vê-la usando a peça, Jordyn decidiu revelar a surpresa antes do casório.

“Eu disse a ela que seria uma pequena sessão de fotos em família, com meus pais e avós, porque nós provavelmente não teríamos tempo suficiente para fazer isso no dia do casamento” disse Jordyn ao site Inside Edition.

E esse momento lindo foi registrado pela fotógrafa Kortney J, que compartilhou as imagens em seu Facebook:

noiva faz homenagem para avó

noiva faz homenagem usando o vestido da vó

noiva faz homenagem usando o vestido da vó

noiva faz homenagem usando o vestido da vó

“Eu não queria que ela me visse pela primeira vez quando eu estivesse andando até o altar, pois ela iria chorar muito com todas as lembranças”  relato da noiva ao site Inside Edition.

noiva faz homenagem para avó

noiva faz homenagem para avó

Uma homenagem inesquecível

A homenagem foi filmada e transmitida no canal americano NBC NEWS, e nós conseguimos o vídeo através do canal do Youtube American News. Assista abaixo:

Com certeza será um momento inesquecível na história e nos corações dessa família! <3

#EraUmaVez

 

 

Tags: história de família, homenagem de casamento, homenagem para avó, vestido de noiva,

13
out

Dois anos planejando o casamento dos sonhos em uma rotina puxada. E nem isso poderia preparar a servidora pública Marília Pieroni, 28 anos, e o projetista Matheus Martins, de mesma idade, para o que estava por vir.

Já não bastasse a chuva intensa que ameaçava “estragar” a cerimônia na cidade de Laranjal Paulista-SP, ainda estaria por vir uma surpresinha… Um  cachorro de rua que entrava e saía do salão, deixando todos os convidados apreensivos, e simplesmente se aconchegou no tapete da entrada principal.

“Eu não entendia o que estava acontecendo. Estava no carro e a cerimônia estava demorando demais para começar, mas eu não sabia o porquê”, contou Pieroni a VEJA.

E foi durante a benção das alianças que os noivinhos tiveram a maior surpresa da noite, quando o cachorro se deitou preguiçosamente sobre o véu da noiva. Imediatamente os convidados ficaram muito preocupados com a situação, mas quando Marília riu da situação, todos respiraram aliviados.

o cachorro que deitou no véu da noiva

o cachorro que deitou no véu da noiva

“Ele parece que adivinhou que amo animais. Eu achei muito fofo ele deitado ali no véu. Fiquei com dó e achei incrível. Eu fiquei surpresa quando olhei ele ali todo pomposo deitado. Tive uma crise de riso quando eu vi. Foi uma benção a visita dele”, diz Marília.

o cachorro que deitou no véu da noiva

o cachorro que deitou no véu da noiva

O cachorro, logo apelidado de ‘Snoop’, continuou na festa e conquistou a simpatia dos convidados. “Antes da minha reação, muitos convidados não estavam gostando de sua presença, pensando que ia estragar a festa e me deixar desapontada. Depois, parece que quebrei o gelo”.

Um final feliz para o cachorro

Muito sensibilizada com o animal que a escolheu para se abrigar da chuva, Marília decidiu procurar pelo cão e adotá-lo para dar a ele um novo lar. Com a ajuda de uma amiga, ela o achou em um bairro perto de onde aconteceu o casamento.

“Eu fiquei comovida com o que ele fez e como amo animais, resolvi adotar. Uma amiga me falou onde ele estava. Fomos até o local e encontramos ele perto do clube. Já colocamos coleira, comprei brinquedinho e o levamos para casa dos meus pais, pois moro em apartamento que não pode ter cachorro. Ele foi muito manso comigo, apesar de ter ficado um pouco assustado. Estou muito feliz e estou achando o máximo. Agora, o próximo passo é levá-lo ao veterinário e cuidar muito dele”, disse Marília ao portal G1.

o cachorro que deitou no véu da noiva

Como muitos convidados já tinham apelidado o vira-lata de Snoop, Marília conta que esse continuará sendo o nome dele. “Vamos manter o nome. Combina com ele”, diz.

Ainda de acordo com a noivinha, o cachorro foi um presente de casamento. “Não sei se ele nos escolheu ou se, no final, fomos nós que o escolhemos. Só sei que quando veio para casa parece que deu risada. Ele não parou de correr e está feliz. Foi um presente para a gente. Como moro pertinho da casa dos meus pais, vou sempre vir olhar ele. Ele é meu e parece que sabe disso, porque se aproxima de mim diferente”.

Nada melhor do que uma história feliz pra começar o final de semana né!?!

Victor

o cachorro que deitou no véu da noiva

 

 

Tags: cachorro no casamento, cerimonia feliz, era uma vez, historia feliz de casamento,

26
set

Oie gente!! Se vocês são daqueles que amam ler sobre histórias de amor da vida real, podem ficar por aqui até o final! A história de hoje é liiinda!

O casamento de Oswaldo Romanelli, 101 anos e Júlia Montes, 86, aconteceu no último dia 16. Mas você acha que esse grande amor é recente? Que nada.. nasceu há 50 anos! A cerimônia aconteceu no Cartório do 1º Ofício de Registros Civis de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, para provar que tempo não apaga o amor. Foi através da ajuda da filha, que Júlia, viúva pela terceira vez, conseguiu achar o amor que nunca havia esquecido.

Eles se conheceram em um cinema, Oswaldo era operador e Júlia tinha ido assistir a um filme. Foi amor à primeira vista, mas o sonho de ficar junto teve que ser adiado, segundo Júlia, porque Oswaldo estava separado da mulher, mas não era oficialmente divorciado.

“Eu o conheci quando tinha 33 anos e ele 48. Ele era compromissado. Hoje, finalmente, estou realizando esse grande sonho. Estou muito feliz. É um amor bom que não morreu”, disse a aposentada ao G1, que tem quatro filhos e já tinha sido casada três vezes. Depois do casamento no Civil com a presença de filhos, netos e bisnetos, eles ainda subiram ao altar no dia seguinte.

Foto: Aline Rickly

O reencontro aconteceu há três anos com a ajuda de Sandra Ferreira, de 61 anos, filha de Júlia. Ela sempre soube da história dos dois e contou que a mãe dizia que eles só não se casaram quando se conheceram porque Oswaldo não era divorciado “no papel” e, naquelas condições, a mãe não teria como viver o grande amor.

“Ela sofreu muito, mas seguiu a vida”, conta Sandra, acrescentando que em 2014 a mãe ficou viúva pela terceira vez e pediu que ela procurasse Oswaldo.

“Na ocasião, questionei se ela ainda o amava e minha mãe disse que sim. Fui buscá-lo”, contou Sandra. Também filho da aposentada, Ricardo Câmara, de 63 anos, revelou que sempre achou que os dois iam acabar juntos.

“Já imaginava que ela ia casar de novo e que seria com ele”, revelou o filho.

Foto: Aline Rickly

Conto de fadas

Para os parentes que participaram do casamento neste sábado, a história dos dois é surpreendente.

A bisneta de Júlia, Rebeca Ferreira, de 15 anos, disse que o laço do casal mostra que nunca é tarde para o amor voltar. Já a sobrinha da aposentada, Vânia Regina Lago Carius, acredita que o reencontro de Oswaldo e Júlia é a prova de que ainda existe o amor verdadeiro.

Antes mesmo de saber do interesse da avó em subir ao altar novamente, a neta, Valéria Batista, de 42 anos, disse que quando casou, dois anos atrás, entregou para Júlia o buquê de flores.

“Nem imaginava que isso ia acontecer, mas estou adorando participar deste momento emocionante, que resgata um amor antigo”, comentou a neta.

 Primeiro registro de casamento de uma pessoa com mais de 100 anos

De acordo com informações do Cartório do 1º Ofício de Registros Civis, cujos documentos mais antigos são de 1889, este foi o primeiro casamento de uma pessoa com 100 anos na cidade. O fato chamou a atenção dos funcionários.

“Foi um momento único e especial. Trabalho há 18 anos neste cartório e nunca vi ninguém casar nessa idade”, disse Fátima Muralha Mayorga.

A juíza de paz, Rita Balmant, também se emocionou. “Esta união mostra que sempre é tempo de amar, renovar. Quando olhamos para eles, vemos uma maneira de acreditar no futuro e perceber as oportunidades que temos todos os dias”, afirmou.

Fonte: G1

Tags: amor, casamento, casamento inesquecível, era uma vezc, grande amor, histórias de amore,

22
set

Você sabia que durante o Rock in Rio de 2017 terá um casamento por dia? É isso mesmo! Durante o evento que acontece no Rio de Janeiro, 07 casais (sorteados através de um concurso) irão oficializar a união em uma capela dentro do festival!

O primeiro casamento foi no dia 15 de Setembro, enquanto atrações como Ivete Sangalo, 5 Seconds of Summer e Maroon 5, agitavam a galera no Palco Mundo.

Mas a história que vamos contar é de Flávia e Sérgio, rockeiros de carteirinha, que celebraram o seu amor ontem dia 21, no tão aguardado dia da Banda Aerosmith.

O amor começou com ROCK AND ROLL

A bancária Flávia Carreiro, de 37 anos, e o professor de educação física, Flávio Rodrigues, 39, se conheceram em um show de rock da banda Metállica no ano de 1994. Fanáticos por esse estilo musical, foi em outros shows de rock durante a juventude que o relacionamento se desenvolveu.

“A gente namorou logo que nos conhecemos, mas terminamos porque éramos muito novos. Onze anos depois, reatamos”, conta Flávia, que nunca deixou de sair com Sérgio, mesmo separados: “durante todos estes anos, a gente sempre se via e ficava, mas só em 2005 voltamos para valer.” Do relacionamento de 12 anos, vieram quatro filhos, sendo o mais novo de apenas 6 meses.

O concurso

Flávia tinha acabado de dar a luz ao seu filho caçula quando se inscreveu no concurso. “Ele era recém-nascido quando me inscrevi para o casamento”, lembra Flávia, que não acreditou que iria conseguir casar no festival: “eu nem contei pro Sérgio. Só quando comecei a passar das etapas, precisei falar.”

Quando o resultado chegou, Flávia disse que mal se aguentou de felicidade. “Parecia réveillon, sabe? Eu nunca tive essa vontade de casar, mas com os anos ela veio e eu estou muito feliz de poder realizar esse sonho aqui.”

família do rock

Família do Rock

O Casamento

O grande dia chegou, dia 21 de Setembro, enquanto grandes nomes da música como Aerosmith e Fall Out Boy subiam ao Palco Mundo, começava a ser realizado o grande sonho do casal.

“Nada melhor do que se casar num evento de rock, já que foi num show cover do Metallica que nos conhecemos”, diz o noivo Flávio. E foi em shows de rock durante a juventude que o relacionamento se desenvolveu.

casamento rock

Os noivos e o buquê

vestido rock

Vestido de noiva do rock

Para o momento ser ainda mais especial, os filhos do casal também participaram da cerimônia…

Os filhos de pajem e daminha

Os filhos de pajem e daminha

Os familiares também vieram de todos os lugares, até mesmo de Dubai. “Meu irmão trabalha lá e veio só para prestigiar. Estou muito feliz”, finaliza a bancária.

casamento rock in rio

casamento rock in rio

 

Tags: casal rockeiros, casamento do rock, love rock, rock and roll, rock in rio,