Fique por dentro

A gente sabe que um momento especial também é cheio de detalhes. Por isso, separamos muitas novidades que podem te ajudar nos preparativos para o grande dia. Fique Por Dentro de inspirações de makes, roupas e acessórios que vão realçar a beleza do casal e tudo que acontece de novidade no mercado de festas e eventos.

15
ago

Entre tantas coisas a se pensar num casamento, as músicas são de grande importância. E não são apenas aquelas que vão agitar os convidados na pista, mas as que prometem também emocionar os noivos e convidados durante a cerimônia.

Para ajudar nossos noivinhos, o #FiquePorDentro preparou uma seleção de músicas mais pedidas nos últimos anos nas cerimônias de casamento, e algumas sugestões para quem não gosta de seguir tendências.

Aperte o play e se divirta com o nosso post de hoje.

Escolher a música ideal não é uma tarefa fácil. São tantas opções que pode fazer você levar horas ou até dias buscando canções até tomar a decisão certa. Se pararmos pra pensar, uma cerimônia religiosa envolve vários momentos que merecem uma trilha sonora especifica, são eles:

  • Entrada do noivo;
  • Entrada do pai do noivo com a mãe da noiva;
  • Entrada dos padrinhos;
  • Entrada das floristas, daminhas e pajens;
  • Entrada da noiva;
  • Benção das alianças;
  • Cumprimentos e saída dos padrinhos;
  • Saída dos noivos.

Obs – O cortejo pode sofrer alterações  já que cada família possui suas particularidades.

Ufa…como dizia Roberto Carlos, são tantas emoções! Para ajudar você a se organizar neste quesito, separamos sugestões para cada um desses momentos. Vamos lá!

Entrada do noivo

Enquanto a entrada dos pais e dos padrinhos é trilhada por músicas mais tradicionais, a entrada do noivo….podemos dizer, que acaba ganhando notas mais personalizadas.

“Eles mudam bastante. Normalmente onde tem mais ousadia é na entrada do noivo” – disse Fernanda Satti diretora executiva da empresa Som do Céu.

As trilhas musicais de filmes são as maiores inspirações para eles. E se é pra fazer uma entrada com estilo, então que tal…

– Música Tema Game of Thrones

– Piratas do Caribe

– Star Wars

– Senhor dos Anéis

Outra opção que serve tanto para a entrada do noivo como da noiva é:

– Somewhere Only We Know – Keane

Entrada dos pais

Os pais, geralmente o pai do noivo e a mãe da noiva, entram juntos e aguardam pelos filhos lá no altar. Para essa entrada Fernanda Satti, orienta que a preferência do casal é por músicas mais tradicionais.

“Antigamente se via muitas músicas cantadas, hoje tenho percebido a preferência por canções instrumentais”. – Fernanda Satti

Entre elas estão:

– Como é grande o meu amor por você (Roberto Carlos)

– Canon in D

Entrada dos padrinhos

Aqueles amigos e familiares que possuem mais afinidade com os noivos, geralmente são convidados a estar ao lado deles, testemunhando este grande passo que resolveram dar juntos e por isso merecem uma homenagem personalizada. A recomendação da Fernanda é Amigos pela Fé e Amigo Estou aqui, tema do filme Toy Story, músicas pra quem gosta de manter o tradicionalismo. Com certeza não terá erro.

 – Amigos de Fé

– Amigo estou aqui

Outros clássicos:

– With a Little Help to my Frinds (The Beatles)

– I Don’t Want to Miss a Thing (Aerosmith)

Entrada das daminhas e pajens

Embora este seja o momento que arranca sorrisos e rendem muitos comentários, pode ser também motivo de muita apreensão, principalmente para as noivinhas. Porque nunca se sabe se a criança está num bom dia e se com aquele monte de gente olhando, ela vai conseguir cumprir sua missão que é a de chegar até ao altar.

Por isso a Fernanda Satti diz que muitas noivas se preocupam em saber quais as músicas que as crianças gostam. Esta é uma forma de proporcionar uma entrada mais descontraída e relaxada para elas. Caso você ainda não saiba a preferência musical das suas daminhas e pajens, vejam estas opções que vão ajudar a deixar o momento ainda mais fofo.

– Aquarela – Toquinho

– Let it go (Tema Frozen)

– Aleluia (Sherek)

– Além do Arco-Íris – Luiza Possi

Entrada da Noiva

O grande momento que todos esperam e principalmente o noivo é ver a noiva entrar. E para essa entrada ser ainda mais marcante, algumas noivas acabam mesclando a marcha nupcial com músicas de sua preferência.

“95% das noivas sempre pedem a Clarinada da Rainha e/ou Marcha Nupcial, nem que seja só um pedacinho” –Fernanda Satti

– Clarinada da Rainha Elizabeth + Marcha Nupcial de Mendelssohn

Para complementar, as canções mais solicitadas são:

– Para Sonhar – Marcelo Jeneci

– Pra você guardei o amor – Nando Reis

– O nosso santo bateu – Matheus e Kauan

– Thousand Years – Christina Perri

Uma dica legal é ficar atenta as variações de como a mesma música pode ser tocada. Esta por exemplo, encontramos instrumentada ao som do piano:

 – Photograph – Ed Sheeran

Para noivas mais descoladas, os folks também são uma boa sugestão:

– Jake Howden – Lost Things

Bênção das alianças

“Esse é o momento do compromisso que elas costumam usar músicas mais religiosas” (Fernanda Satti)

Para selar esta união, as músicas possuem curta duração já que este é um momento rápido, embora seja de grande importância e também mereça uma boa trilha sonora.

– Ave Maria

– Deus confirmou – Aline Barros

– Oração do Amor (Arianne)

Cumprimentos e saída dos padrinhos

“Esse é o momento mais divertido da cerimônia, porque até a noiva entrar, fica uma tensão no ar. Depois que a noiva entra, ela fica mais divertida, mais leve… Então esse é um momento que os noivos costumam colocar até mais de uma música, que talvez não caberiam no início da cerimônia.” (Fernanda Satti)

– Duas metades – Jorge e Matheus

– Foi Deus – Edson e Hudson

A música Pra sonhar de Marcelo Jeneci escolhida para a entrada das noivas, também é uma boa opção para este momento. Encontramos uma versão de Trem Bala da Ana Vilela que pode casar muito bem para esta parte da cerimônia, assim como pode ser uma boa sugestão para a entrada das daminhas e pajens

– Trem Bala –Ana Vilela

Saída da igreja

Os noivos devem ter uma atenção especial na saída da igreja, pois é fundamental que a música represente a alegria de tudo que aconteceu ao longo da cerimônia e que sele de forma alegre a união do casal. Sem contar que é uma boa forma de os convidados já irem para a festa com alto-astral. Por isso, as músicas de encerramento (de preferência)devem ser pra cima e divertidas. Podem ser músicas fofinhas, mas devem transmitir alegria!

– Singular – Anavitória

– Coldplay – Viva La vida

– Wake me up – Avicii

– Counting Stars – OneRepublic

– Sugar – Maroon 5

– Happy – Pharrell Williams

– A hora é agora – Jorge e Mateus

Uau!! Quantas opções não é mesmo? O número de músicas que você vai precisar para trilhar sua cerimônia vai depender do número de padrinhos, mas é recomendado de 9 a 12 canções para garantir muita emoção, com o gosto e a cara dos noivos!

Espero ter ajudado vocês. Compartilhe nosso post e comente dizendo o que achou.

#FiquePorDentro

Tags: instrumental, musicas para casamento, músicas para casar, orquestra, quantas músicas para casar, tipos de músicas para casar, trilha para cerimônia de casamento,

3
ago

Hoje o Casei no Campo vai colocar os noivinhos pra dançar! Tem um tempo que a tradicional valsa dos noivos tem sido substituída por coreografias mais elaboradas, que ajudam a contar a história do casal. As músicas geralmente são escolhidas pelos noivos e representam um momento importante na vida deles, seja a trilha do primeiro beijo, de quando se conheceram ou até mesmo do pedido de casamento. São tantos momentos que eles buscam eternizar por meio da dança, que os convidados podem conhecer um pouco mais sobre os noivinhos.

Muitos filmes, como Dirty Dancing (1987) e Perfume de Mulher inspiraram esta tendência que chegou e ficou.

dança dos noivos

O professor de dança Ivan Souza, que tem uma academia de dança em Campo Grande-MS, conta que a partir desses filmes outras noivas começaram a pedir coreografia com ritmos que identificasse a história do casal, como por exemplo chamamé e vanerão, ritmos tradicionais da região de Mato Grosso do Sul, para que pudessem surpreender seus convidados no momento ápice noivos, que é a dança.

“A dança faz parte do protocolo. Simboliza os primeiros passos do casal, como casados, porque antes eles eram noivos.” – Ivan Souza.

Para quem pretende cair na pista, mas ainda não sabe como, veja só essas dicas do Ivan:

  • Primeiro:

– O casal precisa definir o seu estilo. Não é obrigatório que ambos tenham os mesmos gostos, pelo contrário, isso pode deixar a dança ainda mais divertida.

  • Segundo:

– Escolha as músicas. Toda história de amor tem uma ou mais trilhas musicais. Se o casal não tem A música, tentem lembrar de alguma que marcou uma viagem, um lugar, um momento, um jantar, não importa onde seja, o que vale é que ela tenha algum significado para os dois e traga boas lembranças.

  • Terceiro:

– Comprometimento. Já que vão entrar na pista, que seja para arrasar, não é mesmo? Por isso é importante que o casal leve a sério os ensaios, para que tudo saia conforme planejado e não corram o risco de fazer feio na frente dos convidados. Lembrem-se: todo mundo vai estar com celulares e câmeras fotográficas de olho em vocês.

“Casal animado é sinônimo de pista cheia. Quando um casal faz isso na entrada deles ali na pista, contagia todo mundo. Quem não gosta de ver um casal dançando? ” – Ivan Souza.

Encontramos algumas inspirações inusitadas para que você e seu par façam bonito e tenham uma festa inesquecível:

Star Wars – dançando nas estrelas

Desde o início, o jovem casal Thayssa Smanioto e Flavio Marim, já estavam decididos que não queriam a tradicional valsa. Eles queriam algo diferente, mas não sabiam o quê.

“Queríamos fazer algo que todo mundo lembre depois” – espera a noiva Thayssa.

noivo dança star wars

Ensaio da dança dos noivos Thayssa e Flávio

Eis que o noivo, fã assumido de Star Wars, sugeriu à noiva a trilha deste filme clássico, para fazerem um pocket show de dança no dia do casamento. (Aliás gente, eles casaram ontem e por isso ainda não nos enviaram o vídeo!) Foi através do marido que Thayssa também passou a tomar gosto pelo filme campeão de bilheteria e não pensou duas vezes na escolha da trilha da dança. Outros dois ritmos foram acrescentados para a apresentação.

“Escolhemos também Logo eu (Jorge e Mateus), que foi a música que demos o primeiro beijo e a outra é Cheerleader (OMI) que nos lembra da nossa viagem para Punta Cana, quando eu a pedi em casamento” – relata o noivo.

noiva dança musica star wars

O casal foi se envolvendo tanto na ideia que investiram numa produção diferenciada para a apresentação. Flávio comprou até os “sabres de luz” réplicas do Star Wars. Com certeza, renderam muitos elogios e animação!

Medley – a dança que mistura os ritmos

A dança medley ou pot-pourri é uma boa opção para casais que apresentam culturas diferentes. Como foi o caso da gaúcha Suzam e do baiano Vitor. Ela teve que se esforçar para mostrar o molejo ao som do axé, ritmo que o noivo domina. Já ele…teve que segurar o rebolado para se apresentar ou pelo menos tentar enganar, como um bom chamamezeiro. Os convidados devem ter se impressionado com a superação do casal sem contar que devem ter se divertido vendo o casal mandarem tão bem em ritmos que não estavam acostumados a dançar.

dança dos noivos tipos

Foto: Beto nascimento

dança dos noivos

Foto: Beto Nascimento

Veja a dança do casal:

Tango – para noivas decididas

Quando Ana e Tiago (Titi) decidiram se casar, a primeira decisão da noiva não foi o modelo do vestido, o buffet ou a decoração. Ela queria era fazer uma dança que impressionasse.

noivo dança tango

Foto: Clara Sampaio

Ousados escolheram o tango Asi Se Baila El Tango de Veronica Verdier, que inclusive teve direito a figurino exclusivo para este momento da festa. Eles escolheram fazer o Destination Wedding, que é quando o casal escolhe um espaço diferente da sua cidade de origem para casar. Normalmente os casais escolhem cidades históricas ou praianas para criar um cenário bonito ou uma cidade que tenha a ver com a história deles, no caso da Ana e do Titi o destino foi Búzios. A festa animada foi parar também na revista Vogue.

Veja o vídeo deles:

https://vimeo.com/171455020

Achamos na web:

Inspirem-se na dança de outros casais e já vão pensando no show de vocês.

“A dança resgata o romantismo do casal, o olhar no olho, o sorriso. Resgata a autoestima, melhora o relacionamento dos dois, a cumplicidade fica muito bacana e é um condicionamento físico daqueles. Dependendo do ritmo escolhido, os noivos podem perder de 300 a 400 calorias por aula.” (Ivan Souza – professor de dança)

  • Dança com os padrinhos

  • Dança divertida

  • Para os mais tradicionais

Visite nosso perfil no Instagram clicando >> AQUI <<

Tags: aprenda a dançar, coreografia dos noivos, dança, dança criativa, dança dos noivos, valsa dos noivos,

20
jul

A escolha do buquê da noiva vai muito além de apenas gostar de um tipo ou outro de for ou planta. Hoje o Fique Por Dentro mostra pra vocês que para cada tipo de vestido, há um buquê perfeito para ele. Buscamos inspirações na Vogue Noivas de quatro tendências de arranjos para subir ao altar nesta temporada!!!

Escolha o buquê certo pra você

BRILHO SOLO 
Ideal para compor looks minimalistas de impacto, o “buquê” de apenas uma flor pode ser tão marcante quanto o arranjo completo. “Justamente por ser única, é preciso que a flor tenha peso e seja suntuosa”, explica o florista Rico Prado Lobo.

escolha o buque ideal

Foto: Vogue Noivas

Dica: A protea é uma espécie nativa da África do Sul que representa transformação e esperança, em sintonia com o estado de espírito das noivas.

buque de protea

Foto: Pinterest

MOOD CAMPESTRE 
O buquê de folhagens é o complemento certo para vestidos usados em cerimônias ao ar livre, com texturas suaves, rendas e tecidos fluidos.

escolha um buque certo

Foto: Vogue Noivas

Dica: A Florista Aparecida Helena sugere uma combinação de pequenas orquídeas e macelas amarelas, além de jasmim para perfumar o arranjo.

TEMPOS MODERNOS
“As suculentas são graciosas, gráficas e harmonizam com uma bride to be romântica e contemporânea”, diz a florista Alessandra Mitteldorf, de São Paulo para a revista Vogue. Como a espécie é pesada, ela sugere versões minis da planta para compor um arranjo que não cause desconforto à noiva na hora de subir ao altar.

buque de suculentas

Foto: Vogue Noivas

Dica: Resistente a mudanças de temperatura, a espécie também pode ser combinada com flores brancas pequenas.

buque de suculentas

Foto: Pinterest

buque de suculentas

Foto: Pinterest

A COR DO ANO 
O ultravioleta foi eleito a cor do ano pela Pantone e virou tendência também nos casamentos. A florista Lúcia Milan elegeu orquídeas roxas para compor o buquê. “Ele cai bem em cerimônias menos formais e que pedem arranjos exóticos como complemento”, diz.

buque de orquideas

Foto: Vogue Noivas

Dica: Ideal para vestidos estruturados, mas com saias de volume controlado. O formato cascata ou arredondado deve ter como referência a altura da noiva para não achatar a silhueta.

Tags: buque da noiva, buque de noiva, escolha o buque, tipos de buques,

13
jul

Você marcaria seu casamento para um dia 13 se soubesse que a data cairia numa sexta? Por medo do azar, muitos noivos evitam casar na famosa Sexta-feira 13. Para muitos supersticiosos, o número 13, por si só, já é considerado um número de azar desde os tempos medievais.

A história da sexta-feira e do número 13

Como toda superstição, a ideia de que a data traz má sorte tem origem incerta e baseia-se em lendas e até em fatos históricos. Foi numa sexta-feira 13, em Outubro de 1307, que a Ordem dos Cavaleiros Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França. Por todo o país, os membros da ordem foram perseguidos, presos, torturados e executados por heresia. Já a sexta-feira foi o dia da semana que ocorreu a crucificação de Cristo, portanto também é considerado, por muitos, um dia de azar. Mas não são somente esses motivos que fazem a fama destes elementos.

Mas, há, sim, um grupo de pessoas que são verdadeiramente afetados pela sexta-feira 13: aqueles que têm medo dela. É aquela velha história: como você acredita nesta superstição, tudo o que acontecer neste dia você vai pensar que é graças à data.

casar na sexta-feira 13

Filme de Animação: A Noiva Cadáver

Cada ser humano carrega consigo energias próprias que determinam em muito como você irá viver cada momento de sua vida, e você possui, sim, muito controle sobre essas energias – depende da forma como você encara sua vida, seus dias e seus momentos. Por isso, aprenda sobre as influências de seus ciclos pessoais tanto sobre as sextas-feiras 13 que irão acontecer, como sobre todos os outros dias. (Fonte: Horóscopo Virtual)

Não fique encanado!

Superstições à parte, a energia de uma data, de uma festa, ou de uma cerimônia, quem carrega são os noivos, os familiares e os amigos! Ou seja, se o amor e as boas energias estão reinando na sua vida e nas pessoas que te rodeiam, não é uma data que fará do seu casamento um momento de má sorte!

Importante: os gatinhos pretos são muitas vezes abandonados nas sextas-feiras 13– aliás, mesmo que não estejamos neste dia, gatos pretos são menos adotados por levarem consigo o estigma do azar. Aproveite a sexta-feira 13, então, para fazer coisas boas para o mundo, como esse tipo de adoção, e transforme-o em um lugar melhor!

Gato preto não dá azar

Foto: Receitas Sem Fronteiras

 

 

Tags: casamento e superstição, casar na sexta-feira 13, sexta-feira 13,