Um lugar pra quem adora deixar seu espaço organizado e com personalidade. Aqui, você vai encontrar inspirações criativas para decorar sem gastar muito para isso, então… Mãos à obra!

Ideias e reformas

Um lugar pra quem adora deixar seu espaço organizado e com personalidade. Aqui, você vai encontrar inspirações criativas para decorar sem gastar muito para isso, então… Mãos à obra!

26
nov

Quer mais espaço na sua cozinha? Já conhece ou já pensou em utilizar mesas dobráveis para resolver esse problema? Essa opção é muito prática, e ideal para ambientes pequenos!

Todos nós sonhamos com aquelas cozinhas enormes de novela, porém a realidade do mercado imobiliário são cozinhas cada vez menores, ainda mais se tratando de apartamentos. Mas hoje o Ideias e Reformas trouxe uma solução para quem não dispensa esse móvel: as mesas dobráveis ou embutidas em armários.

“Embora não seja confortável ficar montando e desmontando, às vezes isso é necessário. E também pode ser utilizada para servir de apoio extra, durante um almoço ou jantar aprimorado, quando mais pessoas precisam de espaço para manusear os alimentos”. Erika Mello (Arquiteta)

Inspirações de mesas dobráveis

mesas para cozinha

design de mesas

kitchens table

cozinha com mesa

cozinha com mesa

 

 

 

Tags: design de mesa, mesa cozinha, projeto cozinha,

5
nov

Muitas vezes deixado de lado, o vão localizado embaixo da escada pode se tornar muito útil para a sua casa. Porém, para que o espaço fique bonito e funcional, é importante ter um bom planejamento e pensar em cada detalhe desse cantinho. Por isso, hoje o Ideias e Reformas trouxe dicas de decoração para esse espaço, que vão inspirar vocês leitores à transformarem seus ambientes.

Como ocupar o vão embaixo da sua escada

Biblioteca

Você é professor, estudante ou apenas ama livros e não consegue se desfazer deles? Então essa dica é pra você! Faça dos seus livros parte da decoração.

biblioteca embaixo da escada

Jardim

jardim embaixo da escada

O aproveitamento dessa área como jardim é bastante utilizado. Neste caso, deve-se ficar atento para quais as plantas ideias para sobreviverem dentro de casa. (temos dicas de plantas AQUI)

Barzinho

Se você ama receber os amigos, essa é uma ótima opção pra fazer desse espaço muito funcional.

barzinho em casa

Canto de leitura

cantinho da leitura embaixo da escada

O espaço embaixo da escada pode ser ideal para aqueles que amam ler. Com uma poltrona e uma boa luz pra ajudar na leitura, alguns quadros e outros objetos de decoração, está pronto seu cantinho!

Armários

Aproveite a altura da escada para fazer armários do tamanho da sua necessidade e guarde neles tudo o que você precisa, deixando sua casa mais organizada.

armários embaixo da escada

Espaço para TV

tv under stairs

Eu amei essa dica! Dependendo do formato da sua sala, essa pode ser uma ótima ideia.

Home Office

Para aproveitar bem o espaço, na parte mais alta você pode colocar a mesa e a cadeira, e no espaço mais baixo da escada, os arquivos.

home office under stairs

Gostou do nosso post, e quer mais inspirações para decorar sua casa? Então sigo o Ideias e Reformas no Instagram clicando AQUI.

 

 

 

Tags: desenho escada, design escada, escada decor,

2
out

O cultivo de plantas dentro de apartamentos é uma tarefa muito difícil, mas saiba que não é impossível…  seja em vasos, ou em jardins verticais, a escolha da planta ideal, que se adapte ao ambiente com pouca iluminação e ventilação natural, é o primeiro passo para iniciar o seu jardim “indoor”.

Por isso, o Ideias e Reformas trás hoje para vocês, 10 dicas de plantas ideais para ambientes internos. Pegue suas ferramentas de jardinagem e mãos à obra…

01 – Palmeira Ráfia

A primeira da nossa lista é uma planta originária da China. Muito utilizada em escritórios (aceita muito bem ambientes com ar condicionado), essa planta de caule fino e longo tem crescimento lento, e deve ser cultivada à meia-sombra e regada semanalmente.

planta apartamento

Ráfia (Fonte Jardim das Ideias)

02 – Lança de São Jorge

A Lança de São Jorge tem um visual bem ornamental. Com folhas cilíndricas e verticais, é uma planta muito resistente, podendo ser usada em variadas formas de plantio, desde jardins de pedras a vasos para ambientes internos. Deve ser mantida à meia-sombra, e regada a cada 15 dias sem molhar as folhas.

plantas ideiais para apartamento

Lança de São Jorge (Fonte Pinterest)

03 – Violeta

Geralmente plantada em vasos, a Violeta deve ser regada de duas a três vezes na semana, e não pode ser exposta diretamente ao sol. Uma boa opção para decoração da sua casa devido a grande variedade de cores.

flores de apartamento

Violetas (Fonte Giuliana Flores)

04 – Antúrio

Muito utilizado em vasos, o Antúrio possui flores vistosas e é um clássico da decoração. Deve ser cultivado à meia sombra, sem receber luz direta do sol. É uma planta que pede muita umidade, então deve ser regada de 3 a 4 vezes por semana.

melhores plantas para apartamento

Antúrio (Fonte Decorar com Flores)

05 – Jiboia

Essa planta tem a fama de protetora da casa. Com folhas brilhantes que podem variar do verde para o amarelo, é uma da poucas trepadeiras para ambientes internos. Deve ser regada frequentemente para manter o substrato úmido.

plantas trepadeiras

Jiboia (Fonte Mercado de Flores)

06 – Bromélia

Os tons de vermelho ou roxo contrastando com o verde das folhas, faz da Bromélia uma das queridinhas da decoração de ambientes internos. Deve ser regada a cada dois dias, limpando-se o seu centro para evitar proliferação de mosquitos.

bromelias para apartamentos

Bromélia (Fonte Cafeteplica)

07 – Areca

Essa é uma das palmeiras mais populares, pois se adapta muito bem em vasos ou jardins de inverno de ambientes internos. Pode ser exposta diretamente ao sol, mas suas folhas ficam mais vistosas quando é cultivada à meia sombra. Deve ser regada regularmente e não deve ficar em ambientes com ar-condicionado.

palmeira para apartamento

Areca (Fonte Pinterest)

08 – Lírio da Paz

Se o seu apartamento é sombreado e você deseja uma planta com flores, o Lírio da Paz é uma ótima escolha. Essa é uma das poucas espécies que florescem na sombra. Evite expor ao sol, pois as folhas podem queimar. Mantenha a terra sempre úmida.

jardim com lirio da paz

Lírio da Paz (Fonte Sabedoria Global)

09 – Mini Cacto

O Mini Cacto não precisa de muito sol ou água, diferente de outras espécies de sua família. A terra deve ser sempre checada, pois se ela estiver seca, deve ser regada para umedecê-la,  geralmente uma vez por semana. Na hora de regar, cuidado com os espinhos, pois machucam e são chatos de retirar da pele.

Composição de Mini Cactos (Fonte Pinterest)

10 – Rosa de Pedra

Essa planta consegue ser rústica e delicada ao mesmo tempo. Da família das suculentas, possui formato de flor e não necessita de muito sol. Deve ser regada a cada duas semanas, cuidando para não molhar as folhas.

decoração com suculentas

Rosa de Pedra (Fonte Hometeka)

E as dicas não param por aqui… para te inspirar ainda mais a fazer o seu próprio jardim “indoor”, segue um tutorial do canal do Youtube Manual do Mundo ensinando a fazer uma microfloreira para apartamentos. Confira no vídeo abaixo:

E ae, gostaram da matéria de hoje? Compartilhe essas ideias com seus amigos, e comente como está sendo sua experiência cultivando plantas no seu apartamento! Abraço e até semana que vem…

Victor

Tags: cultivar plantas dentro de casa, cultivar plantas dentro de casas, cultivar plantas na sombra, plantas ideiais para ambientes fechados, plantas que gostam de sombra,

12
set

O verão vai chegar (o calorão virá junto) e você pensará… ai se eu tivesse uma piscina em casa. Por isso venho trazer uma luz para você leitor, que pretende se preparar para a temporada de altas temperaturas e construir a sua tão sonhada piscina! Mas aí vem a pergunta: por onde começar?

Primeiramente devem ser levados em conta fatores muito importantes, como, a área do terreno, a estética, e principalmente o orçamento, para que você possa escolher entre os três tipos de piscina mais comuns no mercado: fibra, vinil ou alvenaria. E nesse post, vou mostrar pra vocês as características, vantagens e desvantagens de cada tipo de piscina. Coloque sua roupa de banho, pegue o protetor solar e venha conferir as dicas!

Piscina de fibra

São as mais comuns e mais encontradas nas residências por serem pré-fabricadas, e muito rápidas de se instalar.

piscina de fibra

Piscina de Fibra foto Ponto das Piscinas

Principais vantagens:

  • Preço baixo em relação aos demais modelos;
  • Durabilidade (geralmente contam com garantias longas do fabricante);
  • Rápida instalação;
  • Fácil higienização (por se tratar de superfícies lisas, são fáceis de limpar e não propiciam o acúmulo de sujeira, fungos ou bactérias);
  • Resistentes a vazamentos.

Principais desvantagens:

  • Limitações estéticas na escolha de modelos (cada fabricante tem seu catálogo de formas e tamanhos);
  • Transporte da peça até o terreno (no caso da instalação da piscina em uma casa já construída, deve haver espaço para transportar a peça até o local desejado);
  • Com o tempo podem apresentar bolhas (porém com os cuidados e a manutenção necessária podem manter suas características por até dez anos).

Piscina de alvenaria

Além de valorizar e embelezar a sua casa, a piscina de alvenaria tem uma boa relação custo benefício (preço mais alto, porém grande durabilidade).

piscina de alvenaria azulejos

Piscina de alvenaria foto Pinterest

Principais vantagens:

  • Muito versátil, podendo ser projetada em qualquer tamanho ou formato;
  • Grande variedade de acabamentos disponíveis para a utilização: desde o tradicional azulejo, até as pastilhas ou pedras;
  • Grande resistência mecânica;
  • Durabilidade de até 30 anos.

Principais desvantagens:

  • Custo mais elevado de materiais e mão de obra;
  • Alguns materiais utilizados na construção de piscinas de alvenaria propiciam o acumulo de sujeira, fungos e bactérias e dificultam a limpeza;
  • Podem eventualmente surgir fissuras ou rachaduras;
  • É necessário realizar uma boa impermeabilização antes da aplicação do revestimento;
  • O esvaziamento inadequado pode causar danos à estrutura de alvenaria, como rachaduras e trincas.

Piscina de vinil

A piscina de vinil geralmente é construída sobre a mesma estrutura da piscina de alvenaria, por isso suas características são muito similares. Costumo dizer que esse tipo de piscina é um intermediário entre a piscina de fibra e a de alvenaria, pois ela possui uma versatilidade de formatos e tamanhos, porém ela tem um acabamento mais simples.

piscina de vinil

Piscina de vinil foto Ligada nas Dicas

Principais vantagens:

  • Muito versátil, podendo ser projetada em qualquer tamanho ou formato;
  • O vinil é um material impermeabilizante que serve também como acabamento;
  • Dispensa a impermeabilização e o revestimento;
  • Construção mais rápida e barata do que a de uma piscina de alvenaria revestida com cerâmica;
  • Fácil higienização;
  • Variadas opções de estampas e cores disponíveis no mercado, além da possibilidade de imprimir logos, marcas ou desenhos personalizados.

Principais desvantagens:

  • Durabilidade: a piscina de vinil requer alguns cuidados especiais já que este material é mais sensível do que os revestimentos cerâmicos da piscina de alvenaria;
  • O uso excessivo de cloro, por exemplo, pode fazer com que a tinta se desbote e a superfície do material se resseque;
  • A piscina de vinil têm que ser enchida rapidamente para evitar rugas (recomendado o uso de caminhão pipa);
  • O esvaziamento inadequado pode causar danos ao vinil e à estrutura de alvenaria, como rachaduras e trincas;
  • Os prazos de garantia deste tipo de piscina são em geral menores que os das anteriores.

Seja de fibra, vinil ou alvenaria, o importante é escolher o tipo que mais se adequa no seu gosto e na sua realidade, caprichar no paisagismo do entorno, e curtir sua piscina da melhor forma possível!!!

Victor

Instagram: @ideiasereformas

Tags: arquitetura, calor, design, dicas, paisagismo, piscina, pool, verão,